Médico Argentino que se negou a realizar Aborto é Condenado!

Tempo de leitura: 2 minutos

Salve Maria Puríssima!

Uma triste notícia para nós, defensores da vida. Infelizmente, o ginecologista Leandro Rodríguez Lastra foi condenado por se negar a realizar um aborto em uma jovem de 19 anos! Isso aconteceu na Argentina.

Algo assim parece insanidade aos meus olhos. Um homem que deveria ser condecorado, por salvar duas vidas, é condenado por não ter ceifado uma delas, no caso a inocente!

Abaixo um vídeo onde o advogado de Leandro Rodríguez fala sobre a condenação:

O tribunal deve publicar a sentença nos próximos dias e ela pode ir desde uma suspensão e desqualificação da profissão até dois anos de prisão. Rezemos por ele!

Está Gostando?

Para receber mais notícias como essa e artigos especiais da Fé Católica, insira o seu endereço de e-mail abaixo!>

Entenda o Caso

Em maio de 2017 o ginecologista Leandro e a médica Yamila Custillo se recusaram a realizar um aborto de uma jovem de 19 anos. A mãe chegou ao hospital com fortes dores por conta de ingestão de misoprostol (abortivo). Os valentes médicos decidiram restabelecer a saúde, tanto da jovem quanto do bebê (com 23 semanas) e obtiveram êxito nesta tarefa.

Acontece que os inimigos da Vida e portanto inimigos de Deus, representados pela deputada de Río Negro, Marta Milesi, defensora do protocolo de aborto não punível entraram com uma denúncia contra os médicos. A denúncia de Leandro foi a única que foi adiante e culminou na condenação que falamos hoje.

O processo é mais um ato de desserviço à população da Argentina e de todo o mundo. Nele a alegação é de que o médico interrompeu um processo de aborto em uma jovem de 19 anos que havia sido estrupada e não queria continuar com a gestação. No entendimento do Juiz deste caso, o inocente bebê deveria pagar pelo crime do estuprador. Uma falta de lógica tremenda!

Rezemos e Lutemos

Caríssimos irmãos, acredito que devamos continuar em oração para que Deus tenha misericórdia de tantas atrocidades que acontecem em nossos dias, uma delas o aborto. Além da oração, lutemos também aqui no Brasil para que essa aberração não seja legalizada oficialmente.

Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *